Comité Olímpico

Comité Olímpico de Portugal lança campo de férias olímpico para crianças

327

O Comité Olímpico de Portugal lançou o Campo Olímpico Portugal, um campo de férias para os mais jovens. A primeira edição, dedicada às modalidades de inverno, acontece já nas férias da Páscoa.

Susana Feitor é uma das atletas olímpicas que se associou ao Campo Olímpico

O Comité Olímpico de Portugal (COP) lançou esta sexta-feira um campo de férias olímpico para crianças. O Campo Olímpico Portugal by Bridgestone é fruto da parceria entre o COP e a marca de pneus e promete ser o sítio ideal para os mais novos passarem as férias: rodeados de desporto, trabalho de grupo e fair play.

A primeira edição do campo de férias vai ser dedicada às modalidades olímpicas de inverno: o cenário idílico da Pousada da Juventude da Serra da Estrela dá o mote para a prática de vários desportos e muitas atividades ao ar livre, como montanhismo e caminhadas. Em entrevista ao Observador, o presidente do COP acredita que “o mediatismo dos últimos Jogos Olímpicos de inverno, principalmente a participação portuguesa”, pode suscitar o interesse dos mais jovens.

José Manuel Constantino garante que o Campo Olímpico Portugal “ajudará a transmitir as mensagens e a cultura olímpica aos jovens portugueses”. A certeza do sucesso leva o COP a pensar já numa segunda edição, desta vez durante as férias de verão e com modalidades olímpicas, naturalmente, de verão.

O Campo Olímpico foi apresentado esta sexta-feira no auditório do Comité Olímpico de Portugal. No evento, para além de José Manuel Constantino, estiveram presentes vários atletas olímpicos que se associaram ao projeto e vão participar ativamente durante os dias do campo de férias. Susana Feitor — a primeira atleta olímpica medalhada numa grande prova internacional de marcha por Portugal — é um dos nomes de destaque.

Susana Feitor considera que para um atleta — esteja ele no ativo ou já retirado — é sempre especial partilhar o espírito olímpico. “Somos chamados frequentemente por escolas para falar sobre trabalho de grupo, fair play, empenho, e é sempre importante partilhar esses ensinamentos com os mais novos”, afirma a atleta, medalha de bronze nos Mundiais de Helsínquia, em 2005.

Num mundo em que a obesidade e o sedentarismo dos mais jovens causam cada vez mais preocupação, Susana Feitor não tem dúvidas sobre o papel fulcral da prática do desporto. Questionada sobre o assunto, a atleta é peremptória:

Então não? E não só pela obesidade, a prática do desporto tem vários efeitos benéficos e é cada vez mais importante torná-la algo habitual e que seja falado nos nossos dias”, explicou a atleta olímpica ao Observador.

A fase de inscrições para o Campo Olímpico — para jovens entre os 12 e os 16 anos — começa esta sexta-feira e prolonga-se até 21 de março. As candidaturas podem ser feitas no site oficial do campo de férias, através de um quiz sobre os Jogos Olímpicos e segurança rodoviária, assim como um desafio integrado no Programa de Educação Olímpica. Nesta primeira edição, estão abertas apenas 25 vagas: mas o presidente do COP não rejeita a ideia de alargar a dimensão do projeto no futuro. Os vencedores serão anunciados entre 22 e 27 de março.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Desporto

Condecorações desportivas

José Manuel Constantino
685

As condecorações entregues pelo Presidente da República são positivas, mas o excesso ou uma opção não baseada em critérios de valor desportivo corre o risco de banalizar o que deveria ser a excelência

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)