Duas explosões de pacotes-bomba em Austin, nos Estados Unidos, mataram esta segunda-feira um adolescente e provocaram ferimentos em duas mulheres, uma semana depois de um ataque semelhante ter morto um homem noutra zona da cidade.

As explosões ocorreram a poucos quilómetros de distância, com os investigadores a referirem que os ataques estão relacionados e que estão a analisar se têm motivos raciais, porque todas as vítimas pertenciam a minorias.

O primeiro ataque matou um jovem de 17 anos e causou ferimentos numa mulher de 40 anos, enquanto um outro ataque causou ferimentos numa mulher de 75 anos.

As autoridades suspeitam que ambas as explosões de segunda-feira estão relacionadas com um ataque que ocorreu no dia 2 de março e que matou um homem de 39 anos e pediram que as pessoas liguem para a polícia se receberem pacotes inesperados.

Segundo as autoridades, as três explosões ocorreram em diferentes partes no leste de Austin, com os pacotes a serem deixados durante a noite à porta das vítimas.

O governador do Texas está a oferecer uma recompensa de 15 mil dólares por informações que levem à detenção das pessoas envolvidas nas explosões.

Numa declaração, o governador Greg Abbott referiu que os ataques já causaram duas mortes e duas pessoas feridas, garantindo que vai oferecer toda a ajuda necessária à polícia durante a investigação.