Guiné-Bissau

Associação de consumidores guineenses critica corte sistemático de água e energia

O secretário da associação guineense de defesa do consumidor qualificou como "roubo ou burla" o comportamento da Empresa de Energia e Águas da Guiné-Bissau.

JAIPAL SINGH/EPA

O secretário da associação guineense de defesa do consumidor (Acobes) qualificou esta terça-feira como “roubo ou burla” o comportamento da Empresa de Energia e Águas da Guiné-Bissau (EAGB) devido aos cortes sistemáticos de luz e água em Bissau.

Bambo Sanhá afirmou que tentou, por duas vezes, nos últimos dias contactar pessoalmente o diretor da EAGB, sem sucesso, e ainda telefonou para aquele responsável e voltou a não ter retorno.

“Queria questioná-lo sobre o porquê destes cortes sistemáticos no fornecimento da energia e água em Bissau”, disse Bambo Sanhá para quem o comportamento da EAGB “é um roubo ou uma burla” aos consumidores.

A capital da Guiné-Bissau voltou a conhecer longos períodos sem energia elétrica e às vezes de água potável devido à falta de gasóleo na central de produção.

Fonte da EAGB disse à Lusa que diariamente a empresa necessita de 75 mil litros do gasóleo para fazer funcionar os 11 grupos eletrogéneos.

Bambo Sanhá critica a empresa pelo facto de “estar a cobrar antecipadamente” pelo consumo, porque a energia é pré-paga.

“Antecipadamente, o consumidor paga mas nunca tem um serviço que merece. É um roubo ou uma burla que a EAGB faz”, declarou Bambo Sanhá.

Para o líder da Acobes, a empresa está com dificuldades devido ao facto de ter admitido, ultimamente, novos trabalhadores o que fez disparar a massa salarial de 40 para mais de 100 milhões de francos CFA (cerca de 152 mil euros).

“Nenhuma empresa pública consegue aguentar nestas circunstâncias”, observou Bambo Sanhá, propondo reformas urgentes na EAGB no sentido de uma parceria público-privada de gestão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)