A 8 de Março de 2014, a Honda deu a conhecer aquele que seria o corta-relva mais rápido do mundo, uma máquina “infernal” capaz de alcançar os 187 km/h. E a relva continuou a ser tranquilamente aparada. Até que, no ano seguinte, os noruegueses decidiram “dar gás” à tarefa e apresentaram um corta-relva que atinge os 214,967 km/h. Se não acredita, saiba que essa marca foi devidamente documentada no livro de recordes do Guinness.

A Honda não gostou e quer voltar a deter um título que já foi seu, até porque o construtor sempre revelou um especial carinho por corta-relvas. A prova disso é que celebrou os 25 anos do Type R com um corta-relva.

Type R festeja 25 anos… com corta-relva?

Vai daí, os técnicos da marca arregaçaram as mangas e revisitaram a criação de 2014, com o intuito de operar as transformações necessárias para que a máquina deite por terra o recorde dos noruegueses. Sabe-se agora que o sucessor do Honda Mean Mower vai assentar num novo chassi e deverá recorrer aos bons préstimos do motor da Honda CBR1000RR Fireblade. Ou seja, estamos a falar de 192 cv para qualquer coisa como 140 kg (era este o peso do Mean Mower). Dito de outra forma, uma barbaridade!

Resta aguardar por novos desenvolvimentos, para sabermos se a Honda consegue ou não atingir aquilo a que se propõe. Até lá, fique com a promessa em vídeo:

[jwplatform 32BrUu1f]