Funchal

Mercado dos Lavradores no Funchal é palco para Noite de Jazz

Esta é "uma das grandes novidades do calendário de eventos" programados para este ano, naquela que considera ser "uma das principais salas de visita do Funchal".

Em 2017, o mercado dos Lavradores foi Paco para "mais de duas dezenas de eventos"

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O Mercado dos Lavradores, um dos espaços mais visitados pelos turistas no centro do Funchal, vai ser palco pela primeira vez para uma noite de jazz na próxima quinta-feira, anunciou este sábado a Câmara Municipal.

A nota refere que esta é “uma das grandes novidades do calendário de eventos” programados para este ano, naquela que considera ser “uma das principais salas de visita do Funchal”.

No mesmo documento, a autarquia anuncia que o convidado desta “noite inaugural” é o músico André Santos, apontando que será “um serão em pleno início da Primavera”.

O vereador com a tutela dos mercados municipais da Câmara do Funchal, João Pedro Vieira, considerou que esta é “”uma das novidades do calendário de eventos do ano, que todos os funchalenses já reconhecem”.

Ainda realçou que embora já haja um programa pré-estabelecido de eventos para aquele espaço a autarquia pretende continua a inovar, apontando que esta é “mais uma oferta de grande valor” acrescentado, cada vez mais heterogénea e integrada dos nossos mercados, quer para a dinâmica da cidade em termos culturais”.

“Esta é, de resto, mais uma aposta municipal com o intuito de democratizar o acesso à cultura no Funchal, através da qual se promove, em simultâneo, o nosso património, os nossos valores culturais e a produção artística da nossa cidade e da nossa região”, escreve o autarca.

João Pedro Vieira diz também que “além da parceria com os artistas regionais, esta é igualmente o tipo de iniciativas que dinamizam a economia local.”

Esta ‘Noite de Jazz’ no mercado da cidade não será, de resto, um concerto único, mas antes parte de um trio de eventos, que já começou no passado mês de setembro” com uma Noite de Fados.

Por isso em meados do verão está prevista uma ‘Noite de Rock’.

O autarca vinca que “a Câmara Municipal do Funchal tem procurado captar públicos de uma forma apelativa, com uma forte aposta em eventos e ações de promoção, através do envolvimento de diversos parceiros.”

O responsável declara que “o efeito sinergético é hoje notório e tem como consequência mais importante o facto de os funchalenses estarem mais próximos do que nunca dos seus Mercados.”

A nota conclui que, em 2017, o mercado dos Lavradores foi Paco para “mais de duas dezenas de eventos”, salientando ser “um investimento que se manifesta das mais diversas formas, desde o apoio financeiro, ao logístico e às isenções”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)