A porta ficou aberta quando um executivo da Volkswagen, Elmar-Marius Licharz, admitiu a possibilidade de o novo Arteon vir a oferecer uma nova variante, mais familiar. Passado um ano sobre a revelação mundial do novo topo de gama germânico, o que aconteceu na edição transacta do Salão de Genebra, chega agora a confirmação de que o construtor de Wolfsburg vai mesmo avançar com uma shooting brake do Arteon.

Quem avança a notícia é a Auto Express, com a publicação a adiantar que, contudo, não há ainda data prevista para o lançamento desta nova carroçaria. Ou, até mesmo, de um protótipo que permita medir a receptividade do mercado a uma proposta do género – opção que não seria de todo desajustada, até porque se tratará de um produto que, ao fim ao cabo, pretenderá conjugar a versatilidade de uma carrinha com o estilo de uma shooting brake, sem esquecer que se trata de uma proposta mais estatutária, claramente dirigida a executivos. Tudo isto num só modelo.

Arteon. O Volkswagen para enfrentar Audi, BMW e Mercedes

Segundo a publicação britânica, a nova variante poderá beneficiar do novo V6 de 3,0 litros, com mais de 400 cv, que animará o Arteon R, versão mais vitaminada e também já confirmada, que deverá chegar antes do final de 2019. Resta saber quando chegará mesmo a shooting brake do Arteon e se, como habitualmente acontece nas carrinhas do construtor germânico, vai receber (ou não) a denominação Variant.