A Apple está a desenvolver tecnologia para criar os seus próprios ecrãs para smartphone, para reduzir a dependência de empresas como a rival sul-coreana Samsung e a japonesa Sharp. Os planos, que não foram tornados públicos pela empresa, estão a ser executados numa unidade secreta da empresa na Califórnia, fora do seu quartel-general, segundo a Bloomberg.

A aposta da Apple está na tecnologia MicroLED, uma evolução em relação à tecnologia OLED que está presente, por exemplo, no modelo mais recente — o iPhone X. Esta é uma tecnologia que usa compostos de emissão de luz diferentes dos que os são usados no OLED, tornando possível fazer ecrãs mais finos e mais eficientes do ponto de vista energético, sem sacrificar a qualidade de imagem.

Segundo a fonte contactada pela Apple, os engenheiros estiveram quase a abandonar este projeto, porque não é fácil desenvolver esta tecnologia. Mas houve avanços na pesquisa nos últimos tempos e o projeto está, agora, numa fase avançada. Ainda assim, deverá levar alguns anos até que os aparelhos da Apple incluam esta tecnologia — isto caso se confirme que a Apple vai apostar na tecnologia MicroLED fabricada pela própria empresa.