Uma jovem moçambicana de 22 anos terá sido assassinada após ter sido violada por desconhecidos, no sábado, no bairro de Ndlavela, província de Maputo, disse esta segunda-feira à Lusa o porta-voz da polícia moçambicana na província, Fernando Manhiça.

Segundo referiram as autoridades, a jovem foi encontrada por moradores na zona, morta, às 02h00 em plena via pública, apresentando sinais de violação. O porta-voz da polícia na província de Maputo adiantou que decorrem diligências visando encontrar os autores dos crimes.