Faro

Prisão preventiva para suspeito de esfaquear futebolista do Farense

O homem de 30 anos, suspeito de tentar esfaquear o futebolista Tavinho, em Vilamoura, na segunda-feira, ficou em prisão preventiva. O suspeito estava em liberdade condicional.

JOSÉ LUÍS COSTA/LUSA

O homem suspeito de ter esfaqueado o futebolista Tavinho, numa zona de bares em Vilamoura, na madrugada de segunda-feira, ficou em prisão preventiva, disse esta quarta-feira à Lusa fonte policial.

O suspeito, de 30 anos, foi detido pela Polícia Judiciária após se ter entregado no posto da GNR de Vilamoura, Loulé, pelas 22h00 de terça-feira, acompanhado por uma advogada.

O homem, que é suspeito de tentativa de homicídio, encontrava-se em liberdade condicional no âmbito de um processo pelos crimes de roubo e resistência a funcionário.

O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira, junto a um bar em Vilamoura, tendo o arguido golpeado a vítima por duas vezes na zona do pescoço, perfurando-lhe o hemotórax direito, segundo a PJ. Em seguida, pôs-se em fuga.

O futebolista do Farense, conhecido como Tavinho, de 24 anos, mantém-se internado no hospital de Faro.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)