O avançado Gareth Bale tornou-se esta quinta-feira o melhor marcador do País de Gales, ao concretizar um ‘hat-trick’ na goleada por 6-0 à China, proporcionando uma estreia auspiciosa a Ryan Giggs como selecionador galês de futebol.

O colega do internacional português Cristiano Ronaldo no Real Madrid, que abriu caminho ao volumoso triunfo, aos dois e 21 minutos, e fechou a contagem, aos 62, aumentou para 29 o número de golos marcados em representação do seu país – em 69 internacionalizações -, ultrapassando o antigo avançado Ian Rush (28, em 66 jogos).

O avançado Sam Vokes, que fez as assistências para os dois primeiros golos de Bale, também contribuiu decisivamente para a goleada no jogo realizado em Nanning e a qualificação para final da China Cup, ao ‘bisar’, aos 38 e 58 minutos.

Bale, que ainda teve tempo de fazer a assistência para o golo marcado pelo avançado Harry Wilson, aos 45 minutos, foi substituído por Benjamin Woodburn imediatamente após ter reescrito a história da seleção galesa, que vai defrontar na final da prova o vencedor do jogo entre o Uruguai e a República Checa.