Já são conhecidos os convites de casamento do príncipe Harry com Meghan Markle. As fotografias foram reveladas esta quinta-feira pela conta oficial de Twitter do Palácio de Kensigton, a menos de dois meses de mais uma boda real.

O protótipo dos convites foi criado pela empresa Bernard e Westwood, que já faz os convites para as cerimónias da família real desde 1985. Depois, foi só replicar o desenho nos 600 convites que foram enviados para as pessoas que vão marcar presença na cerimónia religiosa e no almoço que se segue.

No convite é possíver ler-se, além da data de casamento e do local, o dress code para a cerimónia: fato, um morning coat (ou casaco de manhã, em português) ou blazer, para os homens; e vestido de dia com chapéu para as mulheres.

Ainda na conta de Twitter do Palácio de Kensington foram reveladas outras fotografias e um vídeo sobre o processo que esteve por trás da criação dos convites.

Num tweet que acompanha o vídeo é dito que Lottie Small — uma das funcionárias da Bernard and Westwood — imprimiu todos os convites num processo de estampagem com uma máquina da década de 1930 ela apelidou de Maude:

Num outro tweet, o Palácio de Kensigton acrescenta que os convites são “polidos para realçar o brilho e dourar a borda”. A Sky News adianta que o diretor da Bernard e Westwood disse que se sentia “honrado por ter sido novamente escolhido” para fazer os convites.

Há outros 200 convidados que se vão juntar ao príncipe Harry e Meghan Markle na casa Frogmore, a Casa Real onde os noivos tiraram as fotos do noivado, em novembro do ano passado. Estas duas centenas de convites são semelhantes aos que William e Kate enviaram, em 2011. Não vão em nome de Harry nem de Meghan, mas sim da rainha Isabel II.

Revelados detalhes do casamento do príncipe Harry com Meghan Markle

Esta terça-feira soube-se também que o bolo de casamento dos noivos vai ser feito pela American Claire Ptak, uma pastelaria em Londres. O sabor vai ser de limão e sabugueiro, porque os noivos querem um “toque de primavera”.