Tinha 94 anos e morreu esta quinta-feira o fundador e dono da Toys”R”Us, Charles Lazarus. A notícia chega uma semana depois de a empresa ter dito que vai fechar todas as lojas nos Estados Unidos e de ter também declarado insolvência em Portugal.

Toys R Us vai fechar todas as lojas nos Estados Unidos e Reino Unido

Charles Lazarus fundou a empresa há 70 anos, quando tinha 25 anos e foi considerado por Michael Goldstein o “pai do negócio dos brinquedos”, adianta a CNN. Além de ter fundado a empresa, esteve à frente desta até 1994, depois foi Michael quem o substituiu.

“Ele conhecia os brinquedos e adorava-os a eles e às crianças que iam às nossas lojas. Sorria só de ver as crianças a brincar”, disse Michael, citado pela mesma publicação. A morte foi confirmada pela empresa, através do Twitter.

https://twitter.com/ToysRUs/status/976897297836625920?ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=http%3A%2F%2Fmoney.cnn.com%2F2018%2F03%2F22%2Fnews%2Fcompanies%2Ftoys-r-us-founder-obituary%2Findex.html&tfw_site=CNNMoney

No tweet da empresa é possível ler-se que “houve vários momentos tristes para a Toys”R”Us nas últimas semanas, mas nenhuma é tão triste como a notícia da morte do nosso adorado fundador, Charles Lazarus. Os nossos pensamentos e orações estão com a família e aqueles que eram mais queridos para Charles”.

O negócio da Toys”R”Us começou com uma pequena loja de brinquedos em Washington, mas Charles Lazarus rapidamente expandiu o negócio. Em 1957, Lazarus abriu a primeira loja só de brinquedos e apelidou-a de Toys”R”Us, em que o “R” era suposto parecer que tinha sido desenhado por uma criança, no logótipo da marca. Anos mais tarde, em 1978, a empresa registou um crescimento de tal modo elevado que já valia mil milhões de dólares (810 milhões euros) e na década de 1990 o negócio chegou a um valor de 11 mil milhões de dólares (perto de oito mil milhões de euros).

No entanto, também foi no virar do século que a Toys”R”Us começou a ter como concorrentes algumas empresas como a Walmart e a Target: ambas começaram também a vender brinquedos e a marca de Lazarus começou a perder valor de mercado. Em 2006 foi vendida por perto de seis mil milhões de euros para um grupo de empresas composto pela KKR, Bain Capital e a Vornado. Esta venda trouxe, no entanto, uma dívida de mais de cinco mil milhões de dólares à empresa, algo de que nunca veio a recuperar.

Em 2006, a empresa foi vendida por 6,6 mil milhões de dólares para um grupo de fundos de investimentos (KKR, Bain Capital e Vornado), mas o acordo deixou uma dívida irrecuperável de 5,3 mil milhões.

Algumas das memórias do fundador da Toys”R”Us ficaram registadas em vários documentos, como um documentário de Mark Aron sobre a vida de Charles Lazarus de que pode ver uma parte neste vídeo.