A fábrica de automóveis japonesa Nissan vai manter os testes aos veículos não tripulados apesar do acidente com um carro de condução autónoma da empresa Uber e que provocou uma vítima mortal.

A questão colocou-se depois de um peão ter sido atropelado mortalmente por um veículo não tripulado da Uber, no domingo à noite, nos Estados Unidos.

Philippe Klein da administração da Nissan disse que a companhia realiza testes em segurança. A Nissan está a realizar testes com este tipo de veículos em Londres, Tóquio e no Estado norte-americano da Califórnia em parceria com a Renault SA e a Mitsubishi.