Emprego

Jovens trabalhadores manifestam-se esta quarta-feira em Lisboa contra a precariedade

Jovens trabalhadores de todo o país e de todos os setores manifestam-se em Lisboa contra o trabalho precário. Alegam ser os mais afetados pelos "baixos salários" e exigem direitos.

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

A manifestação nacional de jovens trabalhadores, organizada pela CGTP, contra a precariedade e os baixos salários realiza-se esta tarde, em Lisboa, no Dia Nacional da Juventude, sendo esperados jovens de todos os distritos e de vários setores.

No protesto, que parte às 15h00 do Cais do Sodré rumo à Assembleia da República, participam jovens trabalhadores dos call center da PT, da EDP e da Fidelidade bem como de setores como a indústria, o comércio, a hotelaria, a logística e a grande distribuição, disse o coordenador da Interjovem, João Barreiros.

Além disso, é esperada “uma grande participação de trabalhadores” envolvidos no Programa de Regularização Extraordinário dos Vínculos Precários do Estado (PREVPAP), avançou o jovem sindicalista. “Os jovens trabalhadores são os mais afetados pela precariedade, mas também pelos baixos salários”, sublinhou João Barreiros, acrescentando que esta realidade se acentuou nos últimos anos.

Os manifestantes exigem “o fim das normas gravosas do Código do Trabalho” e que “a cada posto de trabalho corresponda um vínculo de trabalho efetivo”, bem como “o fim da subcontratação e do aluguer de mão-de-obra, seja no público ou no privado”, lê-se no comunicado da Interjovem.

A manifestação ocorre numa altura em que se discutem na Concertação Social as propostas do Governo de combate à precariedade, entre as quais a redução da duração máxima dos contratos a termo de três para dois anos e menor margem para renovações, bem como a criação de uma taxa a aplicar sobre as empresas que abusem deste tipo de contratação.

A CGTP classificou as medidas como “meros paliativos”, considerando, por outro lado, positiva a eliminação da norma que permite a contratação a termo para postos de trabalho permanentes de jovens à procura do primeiro emprego e desempregados de longa duração.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)