O líder da Coreia do Norte prometeu enviar delegações do seu país aos Jogos Olímpicos de 2020 e 2022, revelou este sábado o presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), depois de um encontro, em Pyongyang, com Kim Jong-un.

“Eles anunciaram que vão competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022”, disse Thomas Bach à chegada ao aeroporto de Pequim.

O presidente do COI esteve na Coreia do Norte na sequência de um “convite do Comité Nacional Norte-coreano (NOC)”, tendo tido uma “reunião frutífera” com Kim Jong-un.

Em comunicado, o COI explicou que o convite partiu do NOC em janeiro, numa reunião em Lausana, Suíça, com vista a discutir a recente participação norte-coreana nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang2018, na Coreia do Sul.

Desde os Jogos de PyeongChang, na vizinha Coreia do Sul, o regime de Pyongyang tem dados inesperados sinais de abertura.

A duas Coreias acordaram reunir-se em abril, com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, a fazer a primeira viagem ao estrangeiro esta semana, numa visita à China, em que se encontrou com o presidente chinês Xi Jinping.

Para o final de maio está prevista uma cimeira entre Kim Jong-un e Donald Trump, cujos moldes estão a ser negociados.