Um acordo para permitir a retirada de civis foi alcançado este domingo entre a Rússia, aliada do regime sírio, e os rebeldes que controlam Douma, no Leste de Ghouta, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) à AFP.

Um acordo parcial foi concluído entre o grupo Jaich al-Islam e a Rússia, para permitir a retirada de centenas de civis para Idleb”, uma região fora do controlo do regime no noroeste da Síria, disse Rami Abdel Rahmane, diretor do OSDH.

“As negociações continuam para chegar a um acordo completo”, acrescentou.