A PSP deteve 307 pessoas, incluindo 103 por condução com excesso de álcool, 72 por tráfico de droga e 35 por condução sem habilitação legal, durante a Operação Páscoa em Segurança 2018, entre 26 de março e domingo.

Segundo adiantou esta segunda-feira a PSP, em relação ao ano transato registaram-se menos 17 casos de condução com excesso de álcool, mais 28 detenções por tráfico de droga e menos três casos de condução sem habilitação legal.

Nesse período, a PSP apreendeu 28 armas, menos quatro em relação a 2017. Das 28, dez eram armas de fogo (menos dez que em 2017) e seis armas brancas (mais uma que no ano passado). Na operação, que envolveu cerca de 4.460 operacionais da PSP, foram fiscalizadas mais de 19.200 viaturas e detetadas mais de 3.140 infrações ao Código da Estrada e legislação complementar.

Das infrações detetadas, destacam-se 272 por falta de inspeção obrigatória (mais 87 que em 2017), 186 por utilização do telemóvel durante a condução (mais sete) e 96 por não utilização do cinto de segurança (menos três). Foram ainda contabilizadas 1.335 infrações por excesso de velocidade, das quais 926 graves e 300 muito graves.

Ao nível da sinistralidade rodoviária, em igual período, a PSP registou um total de 880 acidentes, dos quais resultaram 209 feridos ligeiros e 19 feridos graves.

A PSP realizou ainda 71 ações de fiscalização a estabelecimentos, que resultaram na deteção de 24 infrações: seis por incumprimento de horários, uma por falta de livro de reclamações e uma por exercício de atividade de segurança privada sem cartão de vigilante.