O Príncipe Filipe, Duque de Edimburgo, foi admitido no hospital King Edward VII, em Londres, no seguimento de uma já planeada operação à anca. Segundo notícia da versão britânica do Huffington Post, o Palácio de Buckingham confirma que mantém-se programada para esta quarta-feira, 4 de abril.

O monarca de 96 anos retirou-se da vida pública no passado mês de agosto de 2017 e terá começado a queixar-se de problemas na zona da cintura há poucos dias. É bastante conhecido o seu longo e complexo historial médico.

Em 2012, o Duque passou cinco dias no hospital depois de ter adoecido no seguimento de um desfile no rio Tamisa. Antes disso, no natal de 2011, foi internado depois de lhe ter sido encontrada uma artéria bloqueada.

Filipe sofre de artrite no pulso direito por causa dos vários anos anos a jogar Polo e de automedicar-se com o analgésico Butazolodin, medicamento que costuma ser utilizado em cavalos.

Em 1961 partiu um osso do tornozelo esquerdo numa colisão durante um jogo de polo e, em 1963, voltou a ser este desporto voltou a o responsável por nova maleita — um rasgão no braço esquerdo que foi suturado com três pontos.