O Presidente da República desejou hoje “rápidas melhoras” ao soldado português ferido hoje em Bangui, na República Centro-Africana, onde está um contingente integrado numa força das Nações Unidas, informou a Presidência.

Marcelo Rebelo de Sousa falou telefonicamente hoje de manhã com o comandante da força nacional destacada, “tendo-se inteirado do violento incidente” com os militares portugueses, de acordo com uma nota colocada no “site” da Presidência da República (www.presidencia.pt).

O Chefe do Estado “desejou rápidas melhoras” ao soldado ferido, acrescenta a nota.

Um militar português ficou ferido esta madrugada na República Centro Africana, na sequência de confrontos com um grupo armado, disse hoje à agência Lusa o porta-voz do Estado Maior General das Forças Armadas.

O militar faz parte de um contingente que se encontra no país desde 5 de março.