O príncipe Harry e a atriz Meghan Markle não querem prendas de casamento. Em vez disso, os convidados que quiserem oferecer um presente deverão contribuir para uma instituição de caridade, anunciou o porta-voz do Palácio de Kensigton, segundo a BBC. O casamento real realiza-se a 19 de maio.

Já o príncipe William e a mulher, Kate Middleton, fizeram um pedido semelhante e conseguiram angariar um milhão de libras em 2011 dos cerca de 1900 convidados que tiveram.

“O casal escolheu instituições de caridade que representam algumas áreas peças quais se interessa, incluindo desporto, mudança social, empoderamento das mulheres, conservação, ambiente, sem-abrigo, HIV e forças armadas”, disse o porta-voz relativamente a Harry e Meghan, que elencou de seguida sete instituições para onde os convidados devem, caso queiram, fazer doações.

O irmão de Harry, William, quando casou teve a mesma ideia. Na altura criou um fundo para receber os donativos que visavam beneficiar 26 organizações não governamentais