O campeão olímpico do lançamento do martelo nos Jogos de 2012, Krisztian Pars, foi suspenso até julho de 2019 devido a uma violação da conduta de doping, informou esta terça-feira a Federação de Atletas húngaros.

De acordo com a federação, foi encontrada, numa amostra de urina de Pars, recolhida em 13 de janeiro na sua cidade natal Szombathely, uma substância proibida que não tem qualquer efeito benéfico no desempenho desportivo.

O atleta, de 36 anos, disse neste dia estar “incrivelmente envergonhado” com o incidente, dizendo que se tratou de “uma má decisão tomada num período difícil da sua vida e da sua carreira”.

O húngaro, campeão olímpico em 2012 e duas vezes medalha de ouro em campeonatos europeus, participou em quatro edições dos Jogos Olímpicos. As autoridades antidoping concluíram que a substância foi consumida fora do período competitivo e que não afeta positivamente o desempenho dos atletas. O secretário-geral da federação Marton Gyulai classificou a situação como “um dia triste para os atletas húngaros”.