O escândalo em torno da alegada traição de Tristan Thompson rebentou na última terça-feira. Num vídeo divulgado pelo Daily Mail, o jogador dos Cleveland Cavaliers e namorado de Khloé Kardashian, é visto a beijar uma desconhecida numa discoteca em Manhattan, Nova Iorque. Enquanto Khloé, de 33 anos, se prepara para dar à luz a filha do casal, no hospital de Cleveland, no estado de Ohio, Thompson, de 27 anos, viaja pelo país por causa dos jogos da NBA. Depois ter jogado em Philadelphia, na noite de sexta-feira, a equipa seguiu para Nova Iorque, onde estava agendado o jogo com os New York Knicks, na segunda-feira.

View this post on Instagram

Mommy and Daddy ???? @sashasamsonova

A post shared by Khloé (@khloekardashian) on

Segundo o site E!, que cita uma fonte próxima da família Kardashian, Khloé está “perturbada” e “incrédula”. “Ela está com o mundo de cabeça para baixo. Chorou histericamente toda a noite. Implorou para voltar para Los Angeles e tentou de tudo para que isso resultasse, mas o médico dela nunca a deixaria ir. Ela só quer estar com a família e partir o mais depressa possível. A Kris [mãe] está aqui a apoiá-la”, pode ler-se na mesma notícia.

https://twitter.com/kristipride/status/984272978853625856

Esta quinta-feira, o Daily Mail refere outras alegadas traições. Além de Lani Blair, a mulher que o jogador de basquetebol terá beijado no último fim de semana, outras já tornaram público o seu envolvimento com Thompson. Uma delas, identificada como Stephanie, diz poder estar grávida do atleta, ao mesmo tempo que surgem rumores de uma sex tape com os dois e de um segundo vídeo feito numa discoteca em Washington, em outubro, onde o namorado de Khloé estaria acompanhado de duas mulheres. O mesmo jornal avança ainda a informação de que, no último sábado, Tristan terá seguido com Lani Blair para o hotel onde estava hospedado, o Four Seasons.

Tristan Thompson é namorado de Khloé Kardashian desde 2016, ano em que a socialite se separou de Lamar Odom, também este jogador de basquetebol, motivada pelos casos de traição. Atualmente, Khloé está grávida do seu primeiro filho. Desde as primeiras notícias sobre a suposta traição que nas redes sociais do atleta começaram a chover comentários de ódio. “Não mereces viver… partiste o coração da tua filha antes de qualquer outro rapaz… não és um bom pai” e “Qual a sensação de ser o homem mais odiado da América?” são só dois exemplos, para não falar dos gifs e memes. O emoji mais usado por estes dias é o da serpente, mas logo a seguir vêm os ratos e os caixotes do lixo.

Nesta quarta-feira e desta vez em casa, os Cleveland Cavaliers voltaram a defrontar os New York Knicks. Thompson entrou a meio do jogo e foi vaiado pela assistência, segundo relata o Daily Mail. O TMZ noticia a vontade de Khloé em permitir que Tristan esteja presente no momento do nascimento da filha. O mesmo site revela ainda que a Kardashian terá tido as primeiras contrações na última quarta-feira. Já a US Magazine cita uma “fonte próxima” e fala sobre os receios da família Kardashian. “A mãe da Khloé, a Kris, e as irmãs Kim e Kourtney sempre se preocuparam com a relação dela com outro jogador de basquetebol, e agora parece que o receio que tinham se confirma”, cita a revista.

Nas redes sociais Twitter e Instagram, Khloé mantém-se inativa desde terça-feira, dia em que surgiu a primeira notícia sobre a traição, ao final da tarde, hora britânica. Também aí chagaram centenas de comentários, praticamente todos de apoio e encorajamento.