Dois dias depois da demissão de José Maria Ricciardi, o Conselho Leonino teve mais quatro baixas. Horas antes da vitória do Sporting contra o Atlético de MadridJosé Moniz Pereira, Francisco Calheiros, Francisco Soares dos Santos e António Pedro Carmona enviaram uma carta ao presidente da Assembleia Geral do clube, Jaime Marta Soares, a apresentar a sua demissão daquele órgão social.

Na carta, à qual o Correio da Manhã teve acesso, os quatro agora ex-membros confessam que não se reveem na “atual situação do clube”. Apesar da demissão, manifestam “esperança para que possa haver uma mudança profunda na situação atual e na recuperação do prestígio (…) e da imagem” do Sporting.

[“Ai, ai, ai, o coitadinho”. “Isto é um psicopata”. “Nós não merecíamos isto”. Veja no vídeo o minidoc do Observador “Eu é que sou o Presidente” sobre a crise que abalou o Sporting]

José Maria Ricciardi foi o primeiro membro a retirar o apoio ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho. Na passada quarta-feira, o banqueiro anunciou a sua saída. “Regressado dos Estados Unidos e perante os acontecimentos mais recentes e a evolução entretanto verificada no Sporting, deixam de estar reunidas as condições para me manter nos órgãos sociais. É hora de retirar o apoio ao presidente do Sporting, dr. Bruno de Carvalho”, disse ao jornal desportivo Record.

Ricciardi sobre Sporting: “Demito-me e retiro o meu apoio”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Todas estas demissões vêm na sequência da polémica que se instalou no clube. Depois de o Sporting ter sido derrotado pelo Atlético de Madrid, na primeira mão da Liga Europa, Bruno de Carvalho recorreu às redes sociais para criticar o desempenho dos seus jogadores. A publicação gerou revolta nos futebolistas, que também usaram o Facebook para responder ao presidente e criticar o seu comportamento.

Bruno de Carvalho ameaçou os jogadores com processos disciplinares mas acabou por recuar. Isso não fez com que a tensão diminuísse. Pelo contrário, continua a ser posta em causa a continuidade do presidente naquela função e várias personalidades pedem a sua demissão.

Sporting. Marta Soares em reflexão, Holdimo pede AG da SAD, “oposição” já mexe mas Bruno de Carvalho não sai