Função Pública

Costa considera extemporânea questão dos aumentos salariais da função pública em 2019

António Costa considera "extemporâneo" falar sobre o aumento dos salários na função pública. O primeiro-ministro afirmou que a seu tempo o Governo "olhará para o Orçamento do Estado" para 2019.

MÁRIO CRUZ/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O primeiro-ministro considerou esta segunda-feira extemporâneo colocar agora a questão sobre aumentos da função pública em 2019 e referiu que no próximo ano continuará a política de descongelamento das carreiras.

António Costa falava aos jornalistas no final da sessão de abertura do seminário dos cônsules honorários na Fundação do Oriente, em Lisboa.

“Há um bocado a mania em Portugal de se discutirem fora do tempo as matérias e este Governo respeita o princípio da negociação coletiva em geral e com a função pública em Portugal”, reagiu o líder do executivo.

Para António Costa, a seu tempo o Governo “olhará para o Orçamento do Estado” para 2019, sendo “extemporâneo colocar-se em abril de 2018” a questão de um aumento dos salários da função pública no próximo ano.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

Humilhadas e ofendidas

Alberto Gonçalves
189

O problema põe-se ao contrário: a maioria das senhoras (e dos cavalheiros, calculo) é competente o bastante para evitar a política e deixá-la ao cuidado dos que, independentemente do sexo, não são.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site