Presidente Trump

Trump é “moralmente incapaz de ser presidente”, acusa ex-diretor do FBI

Na sua primeira grande entrevista desde que foi despedido por Donald Trump, o ex-diretor do FBI comparou-o a um chefe de máfia e acusou-o de ser "moralmente incapaz" de ser presidente dos EUA.

O ex-diretor do FBI, James Comey, deu a sua primeira grande entrevista desde que foi despedido pelo presidente norte-americano à ABC News. Comey acusou Donald Trump de ser “moralmente incapaz de ser presidente” e disse que há “alguma evidência” de que Trump tenha obstruído a justiça. Houve ainda margem para falar sobre a interferência russa nas presidenciais de 2016.

Foi a sua primeira grande entrevista e James Comey não se poupou nas palavras sobre Trump. Ao jornalista, disse que alguém “que fala sobre as mulheres como se fossem pedaços de carne e as trata como tal, [alguém] que mente, constantemente, sobre grandes e pequenos assuntos” não é adequado para ser presidente dos Estados Unidos. Disse também que não considera que Trump seja incapaz de ser presidente por ser “mentalmente incapaz”, mas sim porque crê que é “moralmente incapaz de ser presidente”.

O nosso presidente deve incutir respeito e seguir os valores que estão no centro do país. O mais importante é a verdade. Este presidente não é capaz de fazer isso”, afirmou Comy.

Comey comparou Donald Trump aos chefes da máfia: uma pessoa que se rodeia de pessoas que sejam leais a ele. Não foi por acaso que foi isso que Trump lhe pediu quando Comey começou a investigar Michael Flynn e o pressionou a desistir. “Os juramentos de lealdade, o chefe como o centro dominante de tudo, é tudo sobre como tu serves o chefe, sobre quais são os interesses do chefe”, afirmou.

Quando questionado pelo jornalista sobre qual a sua opinião sobre uma possível demissão de Robert Mueller — que está a investigar a interferência russa nas eleições presidenciais de 2016 –, o ex-diretor do FBI disse que “seria o mais sério ataque do presidente ao Estado de Direito” e “uma vergonha eterna”. Afirmou ainda que “é possível” que os russos tenham informação que possa comprometer aquele que é um dos homens mais poderosos do mundo — “não sei se é sobre um negócio num quarto de hotel em Moscovo ou sobre finanças ou qualquer outra coisa”, disse.

O ex-diretor do FBI afirmou ainda que Trump “vai manchar todos aqueles que o rodeiam”, mas considera que um impeachment não será benéfico porque “deixaria os americanos em problemas”. Ao invés disso, disse, é algo que os americanos “devem fazer diretamente nas urnas”.

Na entrevista, que acontece na sequência da apresentação do novo livro de James Comey, intitulado “A Higher Loyalty” (“Uma Lealdade Maior”, em português), o autor diz que compara Donald Trump “a um incêndio florestal. Vai causar um tremendo estrago. Vai danificar normas importantes. Mas um incêndio florestal dá às coisas saudáveis uma oportunidade para crescerem, que não teriam tido antes”.

Recorde-se que o presidente norte-americano despediu James Comey em maio de 2017, numa altura em que o FBI admitiu estar a investigar os alegados contactos mantidos entre os EUA  e a Rússia durante a campanha presidencial de 2016.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Presidente Trump

As duplas faces de Trump

Salvador Furtado
124

Trump faz da política um jogo. Enfraquece os outros à procura de se fortalecer a si. A visita ao Reino Unido foi como uma corrida de cavalos e Trump fez uma aposta – num senhor com o cabelo como o seu

Brexit

Boris Johnson /premium

João Marques de Almeida

Em Londres, só um louco ou um suicida é que defenderiam o acordo assinado com a União Europeia. Resta saber se os líderes europeus terão a lucidez de reconhecer o evidente: o acordo que existe morreu.

União Europeia

A Europa Social em questão

António Covas

A UE terá de conceber e implementar, por via de uma “cooperação reforçada”, um programa de ação em matéria de espaço social europeu, à semelhança do que se fez com o mercado único ou a moeda única.

Finanças Públicas

Como evitar um 4º resgate? /premium

Paulo Trigo Pereira

Portugal necessita de mais doze anos (três legislaturas completas) de crescimento económico e de finanças públicas quase equilibradas para sair da zona de risco financeiro em que ainda se encontra.

Brexit

Boris Johnson /premium

João Marques de Almeida

Em Londres, só um louco ou um suicida é que defenderiam o acordo assinado com a União Europeia. Resta saber se os líderes europeus terão a lucidez de reconhecer o evidente: o acordo que existe morreu.

Ambiente

A onda verde na UE e os nacionalismos

Inês Pina

Se hoje reduzíssemos as emissões de CO2 a zero já não impedíamos a subida de dois graus centígrados. E estes “míseros” dois graus vão conduzir ao fim das calotas polares e à subida do nível do mar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)