A revista Time revelou esta quinta-feira a sua lista anual das 100 pessoas mais influentes do mundo. Este ano, entre os músicos presentes na lista figuram alguns nomes ligados ao hip hop e R&B contemporâneo, como Cardi B que lançou este mês o seu primeiro álbum, Invasion of Privacy, e que continua a quebrar recordes de vendas e audições de streaming  e Rihanna.

Rihanna, que começou a sua carreira musical em 2003 e que é também atriz (já participou em nove filmes, de “Tudo por Elas — Tudo ou Nada”, de 2006 até “Ocean’s 8”, que ainda não chegou às salas de cinema), tem direito a um texto de apresentação escrito por Adele. A cantora de “Hello”, “Rolling in the Deep” e “Someone Like You” apresenta-a assim:

“Na verdade não me consigo lembrar da primeira vez que conheci a Rihanna, provavelmente estava atordoada pelo choque de a conhecer. Ela define as suas próprias regras e dobra as nossas”.

Adele diz ainda que Rihanna “é apenas um ano mais velha do que eu, mas sinto que tem andado por aí desde sempre” e afirma que sente que “o progresso” da cantora enquanto super estrela tem sido “constante, merecido e extremamente natural. Ela explodiu na música com um banger [um êxito instântaneo e dançável] absoluto, o ‘Pon de Replay’, em 2005. Era tão nova e era linda, de tirar a respiração”.

Porém, a primeira vez em que ela pareceu mandar toda a gente sentar-se [ficando Rihanna de pé] foi quando fez o ‘Umbrella’. Isso colocou-a com sucesso em todas as plataformas da música e na vida de toda a gente. Deu a sensação de que ela tinha realmente chegado nessa altura — e desde aí não abrandou.”

Além da autora de “Diamonds”, “Work” (gravada com o rapper Drake), “Only Girl (In the World)” e “Halo”, figuram ainda na lista músicos como Shawn Mendes, Kesha e Jennifer Lopez. Estão também presentes líderes políticos como Donald Trump, Emmanuel Macron, Kim Jong Un e Justin Trudeau e personalidades do cinema como Guillermo Del Toro, Greta Gerwig, Sterling K. Brown, Nicole Kidman e Issa Rae.

Desportistas como Kevin Durant (basquetebolista) e Roger Federer (tenista), figuras da comunicação como Oprah Winfrey, Jimmy Kimmel e Trevor Noah e empresários como Elon Musk e Jeff Bezos são alguns dos outros eleitos. Pode conhecer as escolhas da revista Time para 100 figuras mais influentes do mundo entre abril de 2017 e abril de 2018 aqui.