Uma mulher de 86 anos foi este domingo assassinada em Pinhal Novo, no concelho de Palmela, distrito de Setúbal, alegadamente pelo filho de 39 anos, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Fontes policiais contactadas pela agência Lusa relataram que terá ocorrido uma “morte muito violenta” na casa da vítima, mas que ainda é prematuro apontar em concreto as circunstâncias do homicídio e a forma da agressão.

O principal suspeito é um filho, segundo a GNR de Setúbal, que está à guarda da Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal, encarregada da investigação, e que estava no local do crime quando hoje foi dado o alerta e feita a detenção.

De acordo com as mesmas fontes, o crime terá sido perpetrado no sábado ou durante a última noite, horas antes do alerta, que foi dado hoje, por volta da hora de almoço, na rua Afonso de Albuquerque, em Pinhal Novo. O cadáver da vítima foi transportado para a morgue do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, onde será autopsiado.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o alerta foi dado às 12h17, tendo as operações de socorro mobilizado os bombeiros de Pinhal Novo, a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Setúbal e uma equipa de psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

*Artigo atualizado às 18h25 com informação sobre as circunstâncias da morte.