Os canadianos Arcade Fire atuam esta segunda-feira no Campo Pequeno, em Lisboa, para apresentar, num “espetáculo em 360.º”, o álbum “Everything Now”, segundo a promotora Everything is New.

Depois de subirem ao palco na edição de 2016 do festival Alive, o grupo, vai interpretar canções do quinto disco de originais, num “palco localizado no centro da arena”, no âmbito da digressão “Infinite Content”, que também inclui a atuação em agosto, no festival de Paredes de Coura, que decorre de 15 a 18 de agosto.

O concerto está marcado para as 20h00, com a primeira parte assegurada pelos norte-americanos Preservation Jazz Hall Band. O disco mais recente da banda, “Everything Now”, foi editado em julho do ano passado.

Produzido pelos Arcade Fire, com Thomas Bangalter (Daft Punk), Steve Mackey (Pulp) e Marcus Dravs, o álbum foi lançado com várias ações de marketing que incluíram a publicação de notícias falsas, como a pontuação de 5,6, em dez, na Pitchfork, que realçou que a banda se encontra “numa paralisia musical e lírica”. As mesmas palavras foram ecoadas pela Spin, que, em título, escreveu tratar-se de um disco “profundamente cínico, sem alegria”. Por outro lado, a Rolling Stone e o jornal The Guardian deram quatro estrelas em cinco: “É mais um álbum de festa para o fim do mundo com um grande coração”, publicou o jornal britânico.