Mora em Lisboa mas recebe como se vivesse a 192 km

Matos Rosa vive em Lisboa numa casa que a filha comprou em 2015, mas recebe o subsídio de transporte e ajudas de custo como se vivesse a 192 km, em Portalegre. Deputado do PSD diz que é tudo legal.

Por Rui Pedro Antunes