Crise dos Refugiados

Fragata da Marinha portuguesa resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa, Itália

A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta segunda-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés.

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta segunda-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas. A embarcação, intercetada pelo navio português numa altura em que “estava em risco de afundamento”, tentava chegar à ilha de Lampedusa, acrescentou a mesma fonte.

A tripulação prestou primeiros socorros a vários dos migrantes, segundo a mesma fonte. Com este resgate, sobe para 266 o número de migrantes identificados e resgatados pelo “D. Francisco de Almeida” durante a sua missão ao serviço da Frontex, a agência europeia de fronteiras.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)