Quatro voos foram esta terça-feira obrigados a divergir para outros destinos devido ao vento forte que tem afetado a normal operação do aeroporto da Madeira, ainda que algumas abertas tenham permitido aterragens, informou fonte da estrutura.

De acordo com a mesma fonte, foram desviadas quatro aeronaves, “três para o aeroporto do Porto Santo, incluindo o voo inter ilhas que voltou à origem e um voo da TAP que voltou a Lisboa”.

Ainda assim, desde a madrugada desta manhã que a situação meteorológica no aeroporto Cristiano Ronaldo já permitiu a aterragem de seis voos, alguns deles desviados ainda na segunda-feira para as ilhas Canárias.

A previsão do estado do tempo no aeroporto é de “ventos fortes, no limite durante todo o dia, com momentos de acalmia que poderão ser usados para as aterragens”, disse a mesma fonte. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para vento moderado a forte (25 a 40 km/h) do quadrante norte para esta terça-feira.