Depois da medalha de bronze de Telma Monteiro na categoria de -57kg na véspera (a 29.ª de sempre para Portugal), naquele que foi o seu 12.º pódio noutras tantas participações em Campeonatos da Europa, o segundo dia de Europeus em Telavive teve o luso-georgiano Anri Egutidze como principal destaque da comitiva nacional, na categoria de -81 kg: apesar da excelente prova realizada, o judoca acabou por cair no combate de atribuição da medalha de bronze.

Telma Monteiro ganha bronze em Telavive e soma 12.ª medalha em Europeus noutras tantas participações

O judoca do Sporting treinado por Pedro Soares, 17.º do ranking mundial, começou por confirmar o favoritismo teórico frente ao cipriota Phedias Konnaris (358.º do mundo), vencendo por ippon, seguindo-se novo triunfo diante do macedónio Arso Milic (117.º do mundo) por ippon. Nos quartos de final, à semelhança de Telma Monteiro e João Crisóstomo (-66kg), Anri perdeu com o italiano Antonio Esposito (32.º do mundo) por wazari, caindo para as repescagens no período da tarde.

Aí, o judoca de 22 anos qualificou-se para o combate de atribuição da medalha de bronze após derrotar o francês Alpha Oumar Djalo por ippon em apenas 25 segundos (curiosamente, o mesmo gaulês que lhe tinha ganho em Düsseldorf em fevereiro deste ano), defrontando depois o russo Aslan Lappinagov, que lhe roubara o pódio nessa competição na Alemanha. Com apenas um minuto de combate, e num movimento onde tinha a iniciativa sobre o adversário, Anri acabou por sofrer um ippon mas, pela reação após o anúncio do árbitro, ficou claro que não concordou com a decisão tomada pelo juiz.

Judoca Anri Egutidze perde na luta pela medalha de bronze

De referir que, depois do brilharete no Grand Slam de Tóquio (quinto lugar) em dezembro, o luso-georgiano tem somando bons resultados no início de 2018: quinta posição no Grand Slam de Düsseldorf, na Alemanha; medalha de bronze no Grand Prix de Agadir, em Marrocos; e medalha de prata no Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia. Tudo entre fevereiro e março. Antes, Anri tinha ganho a Taça da Europa de Juniores em 2015 e foi vice no Campeonato da Europa de Juniores em 2016.

Ainda neste segundo dia do Campeonato da Europa, na categoria de -73kg, Jorge Fernandes, 54.º do ranking mundial da categoria que ficou isento da primeira ronda, perdeu com Oscar Pertelson, da Estónia (135.º do mundo), no golden point. Também Nuno Saraiva, 72.º do ranking de -73kg, passou de forma automática à segunda ronda, onde foi derrotado pelo suíço Nils Stump (52.º do mundo) por ippon.

Este sábado, último dia de Europeu em Telavive, estarão em ação Tiago Rodrigues (-90kg, isento da primeira ronda que irá defrontar o vencedor do combate entre o húngaro Gabor Ver e o ucraniano Quedjau Nhabali), Jorge Fonseca (-100kg, que terá pela frente o austríaco Laurin Boehler), Patrícia Sampaio (-78kg, que tem duelo marcado com a ucraniana Anastasiya Turchyn) e Yahima Ramírez (-78kg, que enfrentará a russa Anastasiya Dmitrieva).

Os pódios neste segundo dia do Campeonato da Europa de judo foram os seguintes:

Categoria de -63kg
1.ª Clarisse Agbegnenou (França)
2.ª Tina Trstenjak (Eslovénia)
3.ª Lucy Renshall (Grã-Bretanha)
3.ª Martyna Trajdos (Alemanha)

Categoria de -70kg
1.ª Kim Polling (Holanda)
2.ª Sally Conway (Grã-Bretanha)
3.ª Gemma Howell (Grã-Bretanha)
3.ª Michaela Polleres (Áustria)

Categoria de -73kg
1.º Ferdinand Karapetian (Arménia)
2.º Hidayat Heydarov (Azerbaijão)
3.º Bilal Ciloglu (Turquia)
3.º Tommy Macias (Suécia)

Categoria de -81kg
1.º Sagi Muki (Israel)
2.º Sami Chouchi (Bélgica)
3.º Antonio Esposito (Itália)
3.º Aslan Lappinagov (Rússia)