O treinador do Vitória de Setúbal, José Couceiro, recusou esta sexta-feira a ideia de o jogo de sábado com o Feirense, da 32.ª jornada da I Liga de futebol, ser decisivo para a questão da permanência dos sadinos. Em conferência de imprensa, o treinador dos vitorianos admitiu a importância do confronto com o adversário direto — está dois pontos abaixo na classificação –, mas lembrou que nada ficará definido após do duelo no Estádio do Bonfim.

“É importante somar os três pontos para atingirmos o objetivo. Não é um jogo decisivo porque, qualquer que seja o resultado deste jogo, ainda ficam a faltar duas jornadas e as contas não ficam já decididas”, disse. José Couceiro sabe que a conquista dos três pontos deixa a sua equipa mais perto do objetivo, por isso, pede aos adeptos, que têm entrada gratuita no estádio, para lotarem o Bonfim.

“Temos o fator Bonfim no nosso lado. Faço um apelo para que os vitorianos venham apoiar a equipa. O apoio dá-nos muito mais conforto. É um jogo difícil e com uma carga emocional muito elevada. Precisamos de toda a gente. Espero que os adeptos nos ajudem nos momentos em que mais precisamos”, vincou. O técnico não espera um Feirense muito diferente do que tem surgido nas últimas jornadas.

“Espero o Feirense normal. Tem o seu modelo definido e não conto que altere muito neste jogo. Estamos numa fase em que não se fazem experiências ou alterações profundas no modelo de jogo. É um jogo muito importante, provavelmente decisivo para o nosso adversário”, referiu. José Couceiro não deixou passar em claro o jogo da jornada anterior em que o Vitória de Setúbal foi goleado (5-1) pelo FC Porto.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Já li muita coisa em relação ao nosso último jogo. Temos mais dois pontos do que o Feirense e, se tivéssemos pontuado na última jornada, nada teria mudado para este jogo. Tivemos 15 minutos maus no Dragão. Não tivemos ao nosso melhor nível. A derrota ganhou uma proporção que até parecia ser o jogo decisivo da época”, disse.

Frente ao Feirense, os sadinos voltam a contar com o avançado André Pereira, que esteve ausente na ronda anterior por estar cedido pelos ‘dragões’. De fora continuam os lesionados Luís Felipe, André Sousa, Tomás Podstawski e João Teixeira. Nuno Pinto está em dúvida. Vitória de Setúbal, 14.º classificado, com 29 pontos, e Feirense, 17.º com 27, defrontam-se no sábado, a partir das 16h00, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, em jogo a contar para a 32.ª jornada da I Liga de futebol.