A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 43 pessoas entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 deste sábado, em todo o território nacional, no âmbito das operações de combate à criminalidade e de fiscalização rodoviária.

Num comunicado de balanço da atividade operacional das últimas 12 horas, a GNR destaca 25 detenções por condução sob o efeito do álcool, seis por tráfico de droga, cinco por condução sem carta, uma por detenção de arma proibida e outra detenção por permanência irregular no país.

Neste período, os militares da GNR apreenderam 380 doses de haxixe, 145 doses de cocaína, cinco armas de fogo, três armas de pressão de ar, um petardo, um pote de fumo e 434 euros.

Em relação ao trânsito, a GNR detetou nas últimas 12 horas 832 infrações, 135 das quais por excesso de velocidade, 77 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 57 por falta de inspeção periódica obrigatória e 40 por infrações relacionadas com tacógrafos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Além destas, foram ainda registadas 27 infrações por uso indevido de telemóvel durante a condução, 20 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 13 por falta de seguro.

Entre as 20h00 e as 08h00 de hoje os militares da GNR registaram ainda 80 acidentes, destacando-se 26 feridos leves.