Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A taxa de desemprego de fevereiro de 2018 foi de 7,6%, “menos 0,3 pontos percentuais (p.p.) que no mês anterior, menos 0,5 p.p. em relação a três meses antes e menos 2,3 p.p. face ao mesmo mês de 2017”, lê-se no documento divulgado esta segunda-feira pelo INE.

Já para março, “a estimativa provisória da taxa de desemprego de março de 2018 situou-se em 7,4%. Neste mês, a estimativa da população desempregada terá sido de 381,2 mil pessoas e a da população empregada de 4 791,8 mil pessoas”, conclui o documento.

“A estimativa provisória da taxa de desemprego de março de 2018 situou-se em 7,4%. Neste mês, a estimativa da população desempregada terá sido de 381,2 mil pessoas e a da população empregada de 4 791,8 mil pessoas”, conclui o mesmo documento.

Este valor, conforme destaca o boletim do INE relativo à taxa de desemprego, “representa uma revisão de menos 0,2 p.p. face à estimativa provisória divulgada há um mês e ter-se-á de recuar até abril de 2004 para encontrar uma taxa inferior a esta”.

Assim sendo, a população desempregada de fevereiro “foi estimada em 395,1 mil pessoas, tendo diminuído 3,2% em relação ao mês precedente (menos 13,0 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4 783,4 mil pessoas, tendo aumentado 0,1% (mais 4,5 mil pessoas) face ao mês anterior”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR