Uma atleta britânica morreu durante a prova de natação (no mar) do Ironman, um evento famoso pela exigência física e que decorreu na Costa del Sol em Marbelha, Espanha. A atleta terá morrido de paragem cardiorrespiratória, no domingo, e após longas horas em que terá estado em morte cerebral, acabou por morrer na segunda-feira.

Segundo o The Sun, que cita a imprensa local, a atleta foi levada para o hospital da Costa del Sol, no centro de Marbelha, mas não resistiu. A identidade da atleta não foi revelada publicamente.

O evento Ironman 70.3 Marbella atraiu cerca de 2.500 atletas vindos de todo o mundo, e os melhores 50 atletas podiam qualificar-se para o principal evento desta marca, o Ironman 70.3 World Championship 2018, que acontece na África do Sul. Esta prova foi vencida por um britânico — David McNamee — e por uma alemã, Laura Philipp.

Os atletas nadam 1.900 metros, pedalam 90 quilómetros e correm uma meia maratona, mais de 21 quilómetros. Segundo um estudo citado pelo The Sun, que analisou os casos de morte em provas de triatlo e concluiu que o risco de problemas é maior do que em outras provas físicas, a maior parte das mortes ocorre, como neste caso, na primeira parte da prova — a prova de nado.