Japão, Coreia do Sul e China reúnem-se no dia 9 de maio na primeira cimeira trilateral em mais de dois anos, encontro que pretende maior cooperação para alcançar a desnuclearização do regime norte-coreano.

Segundo o executivo de Seul, no encontro vão participar o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o primeiro-ministro chinês, Li Kegiang.

A reunião pretende “aprofundar a situação regional e internacional no nordeste asiático”, incluindo o processo de desnuclearização da península da Coreia.

Em comunicado, o Governo de Seul disse que Moon vai explicar aos países vizinhos o resultado da cimeira entre as duas Coreias realizada na sexta-feira passada e “analisar formas de fortalecer a cooperação entre os três países para a desnuclearização da península e estabelecimento de uma paz permanente”.

A Coreia do Norte comprometeu-se a encerrar de forma definitiva a base em que realizou testes nucleares, depois de os dois países terem chegado a acordo sobre a “completa desnuclearização” da península.

De acordo com informações transmitidas pela presidência da Coreia do Sul durante o passado fim de semana, a Coreia do Norte vai proceder ao encerramento da base de ensaios nucleares este mês, com a presença de observadores internacionais e de jornalistas.