Uma cria de tigre está a recuperar num Jardim Zoológico do Texas, nos Estados Unidos, depois de ter sido encontrada dentro de um saco de desporto na fronteira daquele país com o México.

Na segunda-feira, os agentes que patrulham a zona da fronteira perto do Rio Grande – sul dos Estados Unidos, norte do México – repararam em três indivíduos que tentavam cruzar a fronteira ilegalmente para o lado norte-americano. Carregavam consigo um saco preto de desporto que deixaram para trás enquanto fugiam de regresso ao México.

Dentro do saco, os agentes descobriram uma cria de tigre que, de acordo com a ABC, terá entre três a quatro meses. Os três indivíduos iriam provavelmente tentar traficar o animal exótico.

Em fevereiro, um adolescente da Califórnia foi condenado a seis meses de prisão por ter tentado entrar nos Estados Unidos com um tigre. Luis Valencia, de 18 anos, estava a tentar atravessar de carro a fronteira entre os Estados Unidos e o México quando foi intercetado pela polícia de San Diego. A pequena cria de tigre de Bengala, com apenas seis meses, estava no chão do carro, junto ao banco do pendura.

O tigre de Bengala é uma espécie em vias de extinção e é ilegal importá-la sem uma licença especial. A CBS conta que o tráfico de animais tornou-se um negócio muito lucrativo no México: no início de fevereiro, a polícia mexicana intercetou uma cria de tigre depois de alguém ter tentado enviá-la através do correio, dentro de uma caixa de plástico.

Um adolescente condenado a prisão por tentar entrar nos EUA com um tigre