A Science4you vendeu 27 milhões de euros em brinquedos educativos em 2017. A startup portuguesa liderada por Miguel Pina Martins faturou mais 66% do que no ano anterior, nos mais de 40 países onde está presente. No último ano, as vendas consolidadas da empresa, que este ano celebra o 10º aniversário, totalizaram 21 milhões de euros.

“O percurso da Science4you ao longo destes últimos dez anos é fruto do esforço de uma equipa muito dedicada. Poder afirmar que construímos uma empresa 100% portuguesa marcadamente exportadora, que leva a ciência a casa de crianças em todo o mundo, é algo que muito nos orgulha”, afirma Miguel Pina Martins, em comunicado.

As vendas internacionais da Science4you representaram mais de 70% do valor total faturado pela marca. A entrada naquela que é uma das maiores empresas de retalho norte-americana, a Target, foi “fundamental” para os resultados, explica a empresa em comunicado. Mais de 1.800 lojas deste retalhista venderam três edições de brinquedos da Science4you.

Science4you vai receber 10 milhões de euros do Plano Juncker

Portugal continua a ser o mercado principal da startup, representando atualmente 30% das vendas. Entre os mercados mais relevantes, segue-se Espanha, Reino Unido, Polónia e Estados Unidos. O último ano fica também ficou marcado pela expansão da fábrica de brinquedos da Science4you, no Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL), para um total de 14.000 metros quadrados.

Em novembro de 2017, a Science4you chegou a um acordo de financiamento de 10 milhões de euros com o Banco Europeu de Investimento. Estes 10 milhões de euros, recebidos pelo Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos, insere-se num conjunto de 20 milhões de euros – a outra metade foi assegurada pela empresa para ampliar a fábrica em Loures, aumentar a capacidade de produção e reforçar a estratégia de e-commerce.

Science4you vai receber 10 milhões de euros do Plano Juncker