Bruno de Carvalho quer sentar-se no banco de suplentes no jogo contra o Benfica, apesar de estar suspenso pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF). De acordo com a edição desta quinta-feira do Record, o presidente do Sporting está na disposição de ignorar o castigo. O jornal explica que Bruno de Carvalho apresentou uma providência cautelar junto do Tribunal Administrativo de Lisboa com o intuito de suspender a decisão do Conselho de Disciplina da FPF. No entanto, seja qual for a decisão, o presidente do Sporting já terá decidido que não vai cumprir o castigo.

O Record escreve ainda que o clube tinha um acordo com a Comissão de Instrutores da Liga para que a pena agora aplicada tivesse sido homologada antes do jogo do passado sábado com o Portimonense. Mas o diário desportivo explica que o órgão da Federação entendeu que o acusado não pode escolher os prazos da pena a cumprir.

Bruno de Carvalho foi suspenso por seis dias pelo Conselho de Disciplina da FPF. O castigo foi conhecido esta quarta-feira e surge no seguimento das declarações do presidente do Sporting sobre o homólogo do SC Braga, António Salvador. No mês de março, na sequência de uma troca de palavras a propósito da transferência de Battaglia de Braga para Alvalade, Bruno de Carvalho escreveu no Facebook que António Salvador era “um labrego trolha e aldrabão”

O Sporting recebe o Benfica no sábado, às 20h30. O jogo entre os dois rivais lisboetas pode ser decisivo para saber quem fica com o segundo lugar do campeonato e tem assim acesso aos milhões da Liga dos Campeões.