Miguel Oliveira

Miguel Oliveira vai competir no Mundial de MotoGP em 2019

2.624

Foi o próprio piloto que deu a notícia, esta sexta-feira, em Jerez de la Frontera. Miguel Oliveira, que vai correr pela Tech 3, será o primeiro piloto português a competir no Mundial de MotoGP.

O piloto português compete atualmente no Mundial de Moto2 pela KTM

Getty Images

O piloto Miguel Oliveira vai estrear-se no Mundial de MotoGP já na próxima temporada, em 2019. De acordo com a Sport TV, foi o próprio português que deu a novidade esta sexta-feira em Jerez de la Frontera, em Espanha, onde o piloto da KTM ficou em quinto na sessão de treinos livres.

O anúncio oficial deve acontecer em breve e, caso se confirme, Miguel Oliveira será o primeiro piloto português a competir na principal categoria de motociclismo: sem esquecer Felisberto Teixeira, que em 1998 competiu no Grande Prémio de Espanha na categoria máxima da altura, 500cc.

As notícias de que Miguel Oliveira tinha várias propostas para subir ao MotoGP já em 2019 começaram a surgir desde o princípio do ano. Esta quinta-feira, os rumores tomaram contornos mais sérios quando o diretor da equipa Tech 3 admitiu a “forte possibilidade” de o português de 23 anos ser um dos pilotos da formação satélite da KTM no Mundial de 2019 de MotoGP.

“A posição da nossa equipa é clara. Foi isso que discutimos e planeámos e é também o objetivo da KTM: nós somos a equipa ‘júnior’. A KTM ofereceu ao Miguel Oliveira a possibilidade se subir ao MotoGP com a Tech 3, com o apoio total da KTM de fábrica. Nada está concluído, há muitas possibilidades, mas a dupla [Hafizh] Syahrin-Oliveira é uma forte possibilidade. Ainda assim, nada está concluído. Mas se tiver de dizer dois nomes esta tarde, são o Oliveira e o Syahrin”, revelou Hervé Poncharal ao site oficial do MotoGP.

De acordo com o site Motosport, o contrato entre o atual piloto da Red Bull KTM Ajo e a francesa Tech 3 já terá mesmo sido assinado e a oficialização do acordo prende-se por poucas horas. Na principal categoria de motociclismo, Miguel Oliveira vai cruzar-se com o ídolo Valentino Rossi. “Estive no rancho dele em Itália. Perguntava-me várias vezes porque me dava atenção, ele é o deus dos deuses das motos. Tem-se mantido no topo. Com todos os títulos e vitórias há algo especial nele que o faz querer ir mais além”, contou em entrevista.

Miguel Oliveira tem 23 anos e está atualmente no quarto lugar da classificação geral de Moto2, tendo já ficado em terceiro lugar em dois dos primeiros três Grandes Prémios da temporada. O piloto português, natural de Almada, ficou na época passada na terceira posição, tendo conquistado nove pódios e três vitórias.

O piloto teve a primeira grande experiência em 125cc pela Aprilia, em 2011. Um ano depois, passou para a Suter Honda (a partir daqui em Moto 3), seguindo-se a Mahindra Racing, fazendo história ao conseguir o primeiro pódio de sempre da equipa na Malásia, a 13 de outubro. Dois anos depois, muda-se para a Red Bull KTM Ajo e tem a melhor época de sempre, com seis triunfos, três segundos lugares e o vice-campeonato de Moto 3 com 254 pontos.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mfernandes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)