(Esta notícia foi atualizada depois do casamento de Meghan e Harry)

Ninguém se terá sentido perdido enquanto esteve a ver a emissão televisiva do casamento real entre o príncipe Harry e Meghan Markle, pelo menos ninguém que assistiu ao acontecimento pela Sky News. Um programa de Inteligência Artificial, desenvolvido por um conjunto de empresas incluindo a Amazon Web Services, identificou todos os rostos em tempo real — desde os noivos até ao nobre menos bem conhecido do grande público.

Foi uma espécie de “quem é quem” em tempo real e feito de forma automática. A partir da lista de convidados, a Sky preparou pequenas biografias de toda a gente que esteve na cerimónia na St. George’s Chapel, a 19 de maio, e através da app da Sky News ou do site SkyNews.com foi possível aceder rapidamente a essas biografias e identificar todos os intervenientes.

Imagem: Sky News

Isso não foi possível graças a um especialista na monarquia britânica que tem na ponta da língua o nome de cada convidado mas, sim, um software de inteligência artificial que consegue reconhecer todos os rostos e disponibilizar a informação associada em tempo real.

A tecnologia que está por detrás dessa funcionalidade interativa chama-se Amazon Rekognition, que foi desenvolvida para usar mecanismos de inteligência artificial para analisar imagens — neste caso, vídeos — em tempo real.

“A funcionalidade Who’s who [quem é quem] vai dar aos telespectadores uma experiência inédita que vai permitir-lhe participar na emissão, à medida que o evento acontece. Aproveitando as potencialidades da criação automática de metadados, esta experiência é um exemplo do que será o futuro da forma como os conteúdos vão ser vistos, em todas das plataformas e tecnologias”, explicou antes do acontecimento, à V3, John Motz, chief technical officer da GrayMeta, uma das empresas parceiras da Amazon que prepararam esta emissão.