Desastres Naturais

Terramoto de magnitude 6,1 na escala de Richter atinge Filipinas

Um terramoto de magnitude 6,1 graus na escala de Richter atingiu as Filipinas, mas as autoridades ainda não informaram se há vítimas, danos materiais ou se ativaram o alerta de tsunami.

ROLEX DELA PENA/EPA

Um terramoto de magnitude 6,1 graus na escala de Richter atingiu este sábado as Filipinas, mas as autoridades ainda não informaram se há vítimas, danos materiais ou se ativaram o alerta de tsunami.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que regista a atividade sísmica mundial, localizou o epicentro do tremor a 17 quilómetros de profundidade.

O mesmo organismo referiu que o terramoto aconteceu a 58 quilómetros a noroeste de Pandan, na ilha de Catanduanes, e a 319 quilómetros a leste de Manila, na ilha de Luzón.

O serviço sismológico filipino (Philvolcs), entretanto, indicou que a magnitude do terramoto foi de 5,9 graus na escala de Richter e que se situou a 46 quilómetros de profundidade.

O Philvolcs apontou que não esperam que o terramoto tenha causado danos, mas preveem que aconteçam réplicas do tremor.

O Centro de Alertas de Tsunamis do Pacífico não emitiu algum aviso por risco de ondas gigantes.

As Filipinas ficam localizadas no Anel de Fogo do Pacífico, uma zona com grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por cerca de 7.000 tremores por ano, a maioria desses de magnitude moderada.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Liberdades

Graus de liberdade /premium

Teresa Espassandim

Ninguém poderá afirmar que é inteiramente livre, que pouco ou nada o condiciona, como se a liberdade significasse tão só e apenas a ausência de submissão e de servidão.

Sindicatos

Vivam as greves livres

Nuno Cerejeira Namora

Estes movimentos têm de ser encarados como o sintoma de um mal maior: a falência do sindicalismo tradicional e a sua incapacidade de dar resposta às legítimas aspirações dos seus filiados.

Sri Lanka

Ataque terrorista à geografia humana de Portugal

Vitório Rosário Cardoso

É quase indissociável desde o século XVI na Ásia marítima a questão de se ser católico e de se ser Português porque afirmando-se católico no Oriente era o mesmo que dizer ser-se Português. 

Museus

Preservação do Património Cultural

Bernardo Cabral Meneses

As catástrofes ocorridas no Rio de Janeiro e em Paris deverão servir de exemplo para ser reforçada a segurança contra incêndios nos edifícios e em particular nos museus portugueses.

Liberdades

Graus de liberdade /premium

Teresa Espassandim

Ninguém poderá afirmar que é inteiramente livre, que pouco ou nada o condiciona, como se a liberdade significasse tão só e apenas a ausência de submissão e de servidão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)