O primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, anunciou esta segunda-feira que o seu movimento perdeu um terço dos deputados no Parlamento, um dia depois das primeiras eleições legislativas no Líbano em quase uma década. O Movimento do Futuro elegeu 21 deputados no novo hemiciclo, contra 33 no parlamento cessante, anunciou Hariri numa conferência de imprensa.

O Parlamento libanês é constituído por 128 deputados. “Tínhamos apostado num melhor resultado e num grupo maior”, admitiu. O anúncio oficial dos resultados, previsto para as primeiras horas deesta segunda-feira, não foi feito até ao momento. Cerca de 3,6 milhões de eleitores foram chamados a votar nas eleições de domingo, as primeiras desde 2009.