Comida

Vinhos e comida com vista sobre Lisboa graças ao novo Vine & Dine Experience

O restaurante Panorama, que fica no topo do hotel Sheraton, em Lisboa, vai receber jantares com cozinheiros de quintas de vinhos. O primeiro é já esta sexta, 11 de maio, com o chef Filipe Ramalho.

Divulgação

O restaurante Panorama, icónico espaço no topo do hotel Sheraton, em Lisboa, vai passar a ser palco da Vine & Dine Experience, uma série de jantares temáticos que vão acontecer todos os meses e cujos protagonistas serão os cozinheiros de conceituadas quintas de vinhos. O primeiro acontece já na próxima sexta-feira, 11 de maio, com o chef Filipe Ramalho, comandante gastronómico do Basiliirestaurante do Torre de Palma Wine Hotel.

Vindo diretamente do Alentejo, o chef Ramalho vai ser o primeiro inquilino temporário do 26º andar da famosa unidade hoteleira lisboeta, trazendo consigo os sabores da sua região assim como os vinhos produzidos na sua “casa”. António Pereira, o diretor do Sheraton Lisboa Hotel & Spa, afirma que esta iniciativa é uma forma de mostrar o “melhor que se faz no nosso país”, tanto a nível de comidas como de vinhos.

Segundo o chef, a vontade de mostrar o trabalho que tem vindo a desenvolver no seu restaurante vai servir de mote para a ementa da noite, onde vai poder encontrar um menu de sete momentos, que começa com o pão alentejano de alho e azeitona, servido com o azeite da quinta Torre de Palma e uma manteiga de queijo Fortunato (produtor regional da zona de Portalegre).

Daí segue-se para os amuse bouche: o gaspacho alentejano com ceviche de peixe de rio, laranja do Chão e mostarda de pimentos Terrius, e o nigiri alentejano, que é composto por presa de porco preto alentejano com vinagre balsâmico do Convento dos Cardaes e migas de batata doce com mostarda matizada. A entrada será composta por uma clássica cabeça de xara da Dona Octávia com alho negro, agrião da ribeira, grué de cacau e tuberas de Estremoz. Os pratos principais começam com o momento de peixe, mais concretamente um arroz de tomates da horta do Basilii com jaquinzinhos, milho e coentros.

A carne surge logo a seguir com o lombo de javali fermentado em mosto de Alicante Bouschet com esparregado de couve-flor, gratinado de silarcas e maçã Bravo Esmolfe com Tremoço. Para concluir, não se assuste com o toucinho rançoso de bolota e torresmos, que faz-se acompanhar de favas e atabefe (espécie de soro de leite coalhado) aromatizado com limão e poejo. Tudo isto terá o custo de 49€ por pessoa e a harmonização de vinhos está já incluída.

O próximo convidado destas Vine & Dine Experience será a quinta do Quetzal, que visitará Lisboa no próximo dia 29 de julho.

Para quem possa não conhecer o chef Filipe Ramalho, saiba que o atual responsável do Basilii fez a sua formação na Escola Superior de Turismo do Estoril antes de passar uma longa temporada no Bistrô 100 Maneiras, ao lado de Ljubomir Stanisic. Daí seguiu para o espaço onde se mantém até hoje.

Vine & Dine Experience — Torre de Palma
Local: Panorama, restaurante no Sheraton Lisboa Hotel & Spa, Rua Latino Coelho 1.

Horário: sexta-feira, 11 de maio, às 20h
Preço: 49€ por pessoa com bebidas
Reservas: 213 120 000 ou sheraton.lisboa@sheraton.com

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt
Crónica

Se eu pudesse ver a minha avó /premium

Ruth Manus
111

Atrás da tela do computador, os olhos avermelhados seguem clamando por uma trégua. O céu escureceu ainda mais. Hoje não vou vê-la. Mas fecharei os olhos por alguns minutos, sem contagem regressiva. 

PSD

Ao centro, o PSD não ganhará eleições /premium

João Marques de Almeida

Rio, que não perde uma ocasião para evocar Sá Carneiro, não aprendeu a sua principal lição: o PSD só chega ao poder quando lidera uma alternativa aos socialistas. Não basta esperar pelo fracasso do PS

Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)