Startups

Já estão escolhidos os finalistas do ScaleUp Porto

Um projeto para apoiar quem cria startups e falha, um dia de networking e uma competição de hacking. A 2.ª edição do concurso de empreendedorismo ScaleUp já tem finalistas.

O ScaleUp Porto é um evento de empreededorismo promovido pela Câmara Municipal do Porto e pela UPTEC

São oito projetos que vão receber um total de 70 mil euros. A “Convocatória Aberta“, um concurso no âmbito do ScaleUp Porto, lançado pela Câmara Municipal do Porto em 2017, desafiou a comunidade empreendedora e, depois de 57 candidaturas, foram escolhidos os finalistas. Cada projeto vai receber, no máximo, 10 mil euros.

As candidaturas desta segunda edição decorreram entre 6 fevereiro e o dia 4 de março, e esta terça-feira foram divulgadas pela organização do concurso. Cada candidatura tinha de apresentar um evento a realizar-se no Município do Porto, até ao final de 2018, para estimular a cultura empreendedora e dinamização da comunidade tecnológica.

Os vencedores foram:

  • Incinerator por Founders Founders, um projeto que quer ajudar empreededores que criaram uma startup e falharam, através de conversas que serão filmadas para, no final, se partilhar uma série de vídeos com o público.
  • INESC TEC – Leveraging Intellectual Property Strategy for Scale-up, que vai promover dois eventos para a sensibilização dos direitos de propriedade intelectual para empreendedores.
  • Portuguese Women in Tech Awards por Press Play, uma gala onde se premiará empreendedoras nacionais que se tenham destacados “em diversas áreas”.
  • OPO.network – Porto Communities Network, 4 Meetups focusing on JavaScript,
    Design and Marketing por Made With Moxy, que vai promover encontros entre empreendedores com foco em programação JavaScript, Design e Marketing.
  • DSPT Day 2018 por DSPT – Associação Portuguesa de Ciência de Dados, que vai promover um dia dedicado à análise de dados “que pretende contribuir para que a região do Porto seja um pólo de referência” nesta área.
  • BISTAS LARGAS – para ver mais do que o óbvio por CINTESIS – Universidade do Porto
    – FMUP, que vai criar três sessões formação e discussão interativas dedicadas às áreas da Propriedade Intelectual, da Regulamentação/Certificação e da Comunicação. No final, vão ser “criados manuais” sobre estas temáticas.
  • NinjaChallenge por Jscrambler, a promoção de uma competição online de hacking que vai procurar os melhores programadores de JavaScript. A competição vai ter dois fins-de-semana para encontrar os melhores programadores.
  • Tomorrow Summit por Federação Académica do Porto, que quer criar um evento na cidade invicta que para estudantes com projetos de empreendedorismo “que afirmem
    qual a resposta da Academia em relação ao amanhã.”
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt
Global Shapers

Carta aos pais de filhos na alta competição

Diogo Ganchinho
6.243

Não saber perder significa não aceitar a derrota com humildade. Existe algo na vitória que jamais se poderá perceber na derrota. Perder e aceitar isso, permite uma aprendizagem oculta nas vitórias.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)