Startups

Já estão escolhidos os finalistas do ScaleUp Porto

Um projeto para apoiar quem cria startups e falha, um dia de networking e uma competição de hacking. A 2.ª edição do concurso de empreendedorismo ScaleUp já tem finalistas.

O ScaleUp Porto é um evento de empreededorismo promovido pela Câmara Municipal do Porto e pela UPTEC

São oito projetos que vão receber um total de 70 mil euros. A “Convocatória Aberta“, um concurso no âmbito do ScaleUp Porto, lançado pela Câmara Municipal do Porto em 2017, desafiou a comunidade empreendedora e, depois de 57 candidaturas, foram escolhidos os finalistas. Cada projeto vai receber, no máximo, 10 mil euros.

As candidaturas desta segunda edição decorreram entre 6 fevereiro e o dia 4 de março, e esta terça-feira foram divulgadas pela organização do concurso. Cada candidatura tinha de apresentar um evento a realizar-se no Município do Porto, até ao final de 2018, para estimular a cultura empreendedora e dinamização da comunidade tecnológica.

Os vencedores foram:

  • Incinerator por Founders Founders, um projeto que quer ajudar empreededores que criaram uma startup e falharam, através de conversas que serão filmadas para, no final, se partilhar uma série de vídeos com o público.
  • INESC TEC – Leveraging Intellectual Property Strategy for Scale-up, que vai promover dois eventos para a sensibilização dos direitos de propriedade intelectual para empreendedores.
  • Portuguese Women in Tech Awards por Press Play, uma gala onde se premiará empreendedoras nacionais que se tenham destacados “em diversas áreas”.
  • OPO.network – Porto Communities Network, 4 Meetups focusing on JavaScript,
    Design and Marketing por Made With Moxy, que vai promover encontros entre empreendedores com foco em programação JavaScript, Design e Marketing.
  • DSPT Day 2018 por DSPT – Associação Portuguesa de Ciência de Dados, que vai promover um dia dedicado à análise de dados “que pretende contribuir para que a região do Porto seja um pólo de referência” nesta área.
  • BISTAS LARGAS – para ver mais do que o óbvio por CINTESIS – Universidade do Porto
    – FMUP, que vai criar três sessões formação e discussão interativas dedicadas às áreas da Propriedade Intelectual, da Regulamentação/Certificação e da Comunicação. No final, vão ser “criados manuais” sobre estas temáticas.
  • NinjaChallenge por Jscrambler, a promoção de uma competição online de hacking que vai procurar os melhores programadores de JavaScript. A competição vai ter dois fins-de-semana para encontrar os melhores programadores.
  • Tomorrow Summit por Federação Académica do Porto, que quer criar um evento na cidade invicta que para estudantes com projetos de empreendedorismo “que afirmem
    qual a resposta da Academia em relação ao amanhã.”

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt
Partidos e Movimentos

Uma alternativa à Geringonça

Carlos Guimarães Pinto

As hipóteses eleitorais da Iniciativa Liberal são as de um partido novo sem figuras do sistema politico-mediático nem apoio de um grupo de comunicação como sucede com Santana/Impresa e Ventura/Cofina.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)