Fernando Gonçalves, presidente da Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa, apresentou esta sexta-feira a demissão. Em comunicado, a CT falou num “sentimento de contestação à pessoa do presidente”.

O anúncio surge um dia depois de a maioria dos funcionários da fábrica de Palmela ter votado contra a destituição da atual CT. Apesar disso, “após análise mais profunda e detalhada”, foi concluído que “é visível que continua a existir um sentimento de contestação a esta Comissão de Trabalhadores, com principal foco na pessoa do seu coordenador Fernando Gonçalves”, refere o comunicado, citado pelo ECO.

Foi por essa razão que Gonçalves decidiu apresentar demissão, “por considerar que o projeto a desenvolver pela equipa não pode ser posto em causa”. Isto significa que os restantos membros continuam a exercer funções. Já no que diz respeito à substituição, esta será feita nos próximos dias. O cargo será ocupado “pelo membro imediatamente seguinte constante da Lista E candidata nas últimas eleições“, explicaram os membros da CT no mesmo comunicado.