Há um ano assistimos à apoteótica junção dos tão portugueses “três Fs”: o Papa estava em Fátima para o centenários das aparições, o mundo de futebol estava em profusão com o tetracampeonato do Benfica e os portugueses tinham os olhos postos em Salvador Sobral para ver se o português convencia o público da Eurovisão. E convenceu mesmo: “Amar pelos Dois” ganhou o concurso e trouxe o espetáculo para Lisboa.

Doze meses depois, aqui estivemos nós a ver se Cláudia Pascoal conseguia a dobradinha na Eurovisão, enquanto o Papa estava sossegado no Vaticano e o Futebol Clube do Porto celebrava o campeonato. Só que o desfecho foi exatamente o contrário do do ano passado: Portugal ficou em último lugar e o grande vencedor foi Israel — como foi relatando o Observador ao longo da noite de sábado, no liveblog. Dobradinha não houve nenhuma.

Aqui em baixo pode encontrar o streaming oficial da organização do Festival Eurovisão da Canção. Basta clicar no “play” para rever a grande final do maior concurso de música da Europa.

https://www.youtube.com/watch?v=C-a9eXKeO4k