O treinador do Feirense, Nuno Manta Santos, disse este sábado que a sua equipa está mentalmente preparada para disputar o que diz ser uma final, frente ao Estoril, na 34.ª e última jornada da Primeira Liga.

Em conferência de imprensa de antevisão à partida que se disputa este domingo, o treinador do Feirense recordou que a equipa depende apenas de si própria para se manter na Primeira Liga, e quer os jogadores a dar tudo para vencer o Estoril, último classificado, ainda em luta pela permanência.

“O Feirense tem as condições, como em todos os jogos, para lutar pela vitória e garantir a manutenção, que é o que todos desejamos. Sabemos que será um jogo difícil, mas temos os nossos argumentos, capacidades e competências. É isso que vamos levar para dentro de campo, sabendo que do outro lado vai estar uma equipa que também vai dar a vida para conquistar os três pontos”, referiu.

Segundo Nuno Manta Santos, a equipa sabe controlar a ansiedade e está mentalmente preparada para defrontar o Estoril.

“Há variáveis em termos de comportamentos emocionais durante a semana. Contudo, temos vindo a preparar a mente dos jogadores e a parte estratégica. Temos de saber explorar os pontos fracos do Estoril e contrariar os seus pontos fortes, percebendo onde nos pode causar mais dificuldades. Acima de tudo, temos dado tranquilidade aos atletas, acreditando sempre no que temos vindo a fazer desde o início”, sublinhou.

O treinador do Feirense realçou ainda que a sua equipa terá de contrariar as virtudes do Estoril para poder conquistar os três pontos. “O Feirense sempre discutiu os jogos para ganhar e o jogo com o Estoril não vai fugir à regra. Sabemos que o Estoril é uma equipa que está equilibrada a nível defensivo e é muito forte a nível ofensivo, com um jogo positivo”, afirmou.

Nuno Manta Santos conta com o apoio dos adeptos, mas pede concentração máxima aos seus jogadores num jogo que pode ser de tensão. “[A equipa] tem de manter o foco e dar tudo por tudo. Vamos jogar uma final e muitas vezes, nestes jogos, o jogo padronizado das equipas altera-se. Há características que podem alterar-se. O que sei é que vamos dar tudo por tudo, mesmo perante questões aleatórias”, admitiu.

Para o jogo com o Estoril, o treinador do Feirense não poderá contar com Barge e Kiki, ambos a recuperar de lesão, e com Briseño, que cumpre castigo.

O Feirense, 15.º classificado com 30 pontos, recebe no domingo, pelas 18 horas, o Estoril, 18.º com 29 pontos, em jogo da 34.ª jornada da Primeira Liga.