O Real Madrid, sem Cristiano Ronaldo, bateu este sábado o Celta de Vigo por 6-0, uma goleada insuficiente para evitar o terceiro lugar da Liga espanhola de futebol, pois o segundo foi garantido, definitivamente, pelo Atl. Madrid.

O galês Gareth Bale (13 e 30 minutos), Isco (32′), o jovem marroquino Achraf Hakimi Mouh (52′), um autogolo de Sergi Gómez (74′) e o alemão Toni Kroos (81′) materializaram a supremacia dos merengues, já focados na final da Liga dos Campeões, que se disputa em 26 de maio em Kiev, frente ao Liverpool, em busca do 13.º troféu, terceiro consecutivo.

À 37.ª e penúltima jornada, o objetivo do segundo lugar falhou, uma vez que, horas antes, o Atl. Madrid venceu, por 1-0, em casa do Getafe, assegurando o segundo posto, numa época em que o Barcelona celebrou o 25.º título.

Sem Cristiano Ronaldo, que saiu tocado no último jogo com o Barcelona na Catalunha (2-2), Bale foi a estrela, com dois golos de bela execução, ambos em contra-ataque: no primeiro, ganhou em velocidade e marcou na cara do guarda-redes, enquanto no segundo foi à linha, tirou uma adversário da frente e fletiu para o interior, atirando sem defesa.

Isco não quis ficar atrás e, com remate em arco, faria o terceiro, antes de o jovem marroquino Achraf cumprir o sonho de marcar, desmarcado por Benzema.

Depois de Sergi Gómez ter feito um autogolo, Toni Kroos, livre na área, completou a meia dúzia.

O Barça, que visita o Levante no domingo, comanda o Campeonato com 90 pontos, enquanto o Atl. Madrid soma 78 e o Real Madrid 75. O Valência, com 70, fecha o quarto de qualificados para a Liga dos Campeões.

Horas antes, ficou tudo decidido em termos europeus, com o Sevilha, sétimo, a assegurar presença na segunda pré-eliminatória da Liga Europa, enquanto Villarreal (5.º) e Betis (6.º) seguem para a fase de grupos.